EdiÁão Atual - Home
  

Não há nada mais fácil do que culparmos algo ou alguém. Culparmos os outros por nossos erros, por nos sentirmos abandonados, por termos sido rejeitados, por sofrer, por terem nos multado, a vida por não ser como gostaríamos, culparmos nossos pais por sermos como somos, o governo por não termos o emprego que queríamos, a faculdade por não ter nos preparado adequadamente para o mercado de trabalho, os amigos por não estarem presentes quando precisamos, nosso metabolismo por termos dificuldade de emagrecer ou de engordar, os professores pela nota baixa, o namorado por não dizer “eu te amo”. Culparmos o estado atual da sociedade de violência e guerras, por nossa tristeza, nossa insegurança diária e nossa sensação de impotência. Culparmos o tempo, desde a chuva que estragou o fim de semana, até as catástrofes naturais, que aniquilam milhares de inocentes.